Porque a empresa deve lhe contratar?

Flávio Emílio, estou sendo entrevistada para uma determinada vaga e de repente me surpreendo quando o entrevistador me faz a seguinte pergunta: “Por qual motivo nossa empresa deve contratá-la?” Como “sair dessa”?

Olá!

Gosto de fazer essa pergunta no final das entrevistas. Sendo bem objetivo, sem querer dar receitas de script, sua resposta deverá focar os benefícios que você propõe agregar à empresa a partir da sua contratação.

Mire o(a) entrevistador(a) nos olhos e enfatize virtudes como: facilidade de relacionamento interpessoal, vontade de aprender, foco em resultados, disciplina, organização, criatividade e, principalmente: mostrar que sua presença faz a diferença em uma equipe, citando exemplos de conquistas obtidas em sua carreira.

Só cite o que realmente for verdadeiro. Entrevistadores mais experientes tendem a detectar de longe os ‘profissionais de entrevista’.Cuidado, também, para não passar uma falsa imagem de arrogância ou de autopromoção. A postura adequada deverá ser de autoconfiança.

Jamais use argumentos emocionais do tipo “preciso muito dessa vaga” ou ainda “nessa empresa vou crescer bastante”. Lembre-se que qualquer organização quando abre uma vaga espera que o profissional escolhido lhe resolva uma necessidade de forma eficiente e eficaz. Essa deverá ser sua linha de argumentação para responder a pergunta de forma a despertar boas expectativas a seu respeito.

4 respostas para “Porque a empresa deve lhe contratar?”

  1. Eder Medeiros disse:

    Olá Flávio!!

    Não poderia deixar de comentar esse post, pois na semana passada, uma aluna minha me fez essa pergunta. Fiquei feliz em ver que minha resposta foi bem similar ao que você falou e que, portanto, ela seguindo o que foi falado, não como uma receita de bolo, mas como realidade e profissionalismo, conseguirá seus objetivos profissionais.

  2. Rafael Pinheiro disse:

    Apesar de parecer simples, essa pergunta consegue diferenciar um candidato comprometido e focado de um simples navegante. Já tive a oportunidade de presenciar casos em que o elevado ego, a arrogância e o despreparo dos candidatos para esse questionamento foi determinante em sua eliminação no processo avaliativo. O importante, como citou Flávio Emílio, é argumentar de maneira plausível qual será sua contribuição positiva para esta vaga. Jamais tente se valer de enredos do tipo “Pq eu sou o melhor” ou “Pq eu não faço clientes, faço fãs”. Manter a naturalidade nesta ocasião é o segredo da conquista.

  3. Flávio Emílio disse:

    Boa tarde Eder!

    Obrigado por mais um comentário pertinente. A expectativa de quem formula uma pergunta como essa é ouvir uma resposta segura, vinda de alguém que poderá ser útil à empresa. Autoconhecimento e autoconfiança são chaves para responder com tranquilidade e prudência. Bom final de semana! Flávio Emílio

  4. Flávio Emílio disse:

    Falou tudo Rafael. Essas frases que você citou entre aspas no final do seu comentário atestam que o candidato é [mais um] ‘profissional de entrevista’. Desses, as empresas e os selecionadores querem distância… Flávio Emílio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

     

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>